O Médico em África - A Outra Face da Medicina Portuguesa no Século XX

De 28 de Outubro a 4 de Novembro, na Sociedade de Geografia de Lisboa. Uma organização CIUHCT, em colaboração com o IELT e a SGL.

Descrição

A medicina no espaço ultramarino assume-se como ferramenta do IIIº Império colonial português, competindo-lhe uma prática e expertise científica e técnica adaptada às condições de vida nas zonas tropicais, capaz de tornar colonizável um território inóspito e recheado de doenças avassaladoras para os europeus (PhilipCurtin, 1998).

No contexto da circulação de conhecimento no espaço ultramarino português, esta exposição propõe-se olhar para a utilização/apropriação/inovação dos territóriosimperiais (Kapil Raj, 2007), utilizando uma lente focada na história da medicina do século XX (Michael Worboys, 1993). Neste contexto procurar-se-á estabelecer uma narrativa que, centrada em espólios privados de médicos portugueses ao serviço do Estado português em África, permita estabelecer novas linhas historiográficas sobre a  medicina e a profissão médica aquém e além-mar, centradas em três grandes momentos da história do século XX: a Grande Guerra, a IIª Guerra Mundial e a Guerra colonial.

Os núcleos expositivos que integram esta mostra retratam cenas do quotidiano de um médico em África, revelando formações, vivências, dificuldades, conquistas, receios e angústias, num ambiente muito particular, onde lado a lado conviviam o exótico e o “estranho” ambiente natural e social com as tradições locais (David Arnold,1988), colocando à prova a eficácia do modelo da medicina ocidental e da comunidade médica na metrópole.


A partilha de conhecimento entre europeus e africanos. Colecção Agência Geral do Ultramar, s.d.

Horários

Colóquio de inaguração: 28 de Outubro, com início às 9h30
Dias úteis: das 10h às 17h
Dia 28 de Outubro: das 10:30h às 18h
Dia 29 de Outubro: das 10h às 13h e das 14h às 17h
Dia 1 de Novembro: das 10h às 13h
Dia 4 de Novembro: das 10h às 13h e das 14h às 17h

Mais informações

Website oficial